O que gosto de comer!

Uof! Uof! Olááááá!!! Sou o Alf, um Grand Danois de dois meses.

Como sou um grande comilão, decidi perguntar a quem sabe como e o que deveria comer…

Um dos meus amigos, o Dr. Pestana, conversou com o meu dono sobre a minha alimentação. Como já não bebo leitinho da minha mamã, porque sou muito “crescido”, devo comer uma boa ração seca, para que os meus ossos fiquem fortes, o meu pêlo muito brilhante e o meu coração de ferro. Se comer restos de alimentos humanos, posso ficar com muitas dores de estômago, problemas nos intestinos e no coração, porque a comida do meu dono tem muito sal e especiarias… ouvi dizer que é muito condimentada e que me faz muuuiiittooooooooo mal!!! Nem quero provar…

O Dr. Pestana informou o meu dono que há rações para diferentes idades e tamanhos. Como ainda sou um cachorrinho, tenho necessidades diferentes de um cão adulto ou de um cão velhinho. Mas, quando for maior, tenho de comer ração diferente da ração dum cão pequeno ou grande. Sabem porquê? Porque vou ser um cão gigante!!! Eh! Eh! Eh!

Quando o Dr. Veterinário estava a conversar com o meu melhor amigo, ouvi-o dizer que um cão adulto, como o meu papá, deve comer duas vezes ao dia; e eu, um cachorrinho em crescimento, devo comer consoante o meu peso e tenho de comer quatro refeições por dia até fazer 3 meses. Quando tiver 4 meses, vou comer menos vezes: 3 vezes ao dia. Quando tiver 7 meses, vou passar a fazer 2 refeições deliciosas por dia!!! Assim, não fico com o meu estômago muito grande, quase a rebentar.

Falaram, também, dos suplementos vitamínicos… não percebi muito bem o que são, mas entendi que só podem ser tomados se o Dr. Pestana receitar. E, só o faz, quando um cãozinho está doente, quando está em gestação ou em lactação ou, ainda, quando está muito magrinho! Só nestes casos é que estes medicamentos são benéficos. Os suplementos de cálcio não me devem ser dados, posso ficar com os meus ossos muito fracos. Mas, os suplementos de ácidos gordos podem ajudar-me a ter mais força, brilho no pêlo e previne-me de alergias. Quando a ração que o meu dono me der tiver qualidade e, como sou um animal saudável, não há necessidade de recorrer a estes medicamentos que têm um nome complicado: os suplementos… O meu melhor amigo tem de ter muito cuidado com o que me dá. Por isso, é que deve conversar e levar-me, sempre que necessário, ao médico veterinário. O Dr. Pestana é nosso amigo!

Ufa! Ainda bem que aprendi estas coisas todas, porque já estava a olhar para a comidinha dos meus donos e pensava que isto era só comer e comer até não poder mais!!! E, como só tenho dois meses, posso comer quatro vezes por dia… iupiiii!!!

Bom, pelos vistos, já é hora da papinha… Nham! Nham! E festinhas!!! Nham! Nham! Nham!

Texto adaptado de “Sem título”, de Élvio Pestana (Ecovet)

Apoios: apoio cao