Cada pássaro no seu galho...

Piu, piu,…

Pois é, passear de um poiso para o outro dá muito trabalho, nem imaginam quanto tempo por dia é que eu passo a saltar de um poleiro para outro.

Por essa razão é que, quando o meu dono comprou poleiros novos para a minha linda gaiola, teve muito cuidado em escolher o material e o tamanho mais apropriados. Tal como os brinquedos, também os poleiros não devem ser pintados com tintas tóxicas, porque gostamos de afiar o nosso bico e podemos ficar doentes se o material for venenoso. Apesar de existirem poleiros muito bonitos, com cores muito alegres, podem ser perigosos para a nossa saúde.

Devem ter atenção a algumas características dos poleiros: ao tamanho e à grossura… devem ser diferentes, para que os passarinhos possam exercitar as suas patinhas; não devem ser postos na gaiola uns por cima dos outros, porque, se a gaiola tiver vários passarinhos, uns podem estar poisados num poleiro e outros noutro e podem distrair-se e fazer cocó em cima dos amiguinhos voadores. Não é muito agradável! Pois não?

Não devem esquecer-se destas indicações importantes, para o bem-estar dos vossos amiguinhos!

Muitos Piu, Pius… para vocês!!!

 

Apoios:  apoio passaro