Bichano

Com seus bigodes pretos
Lá estava o bichano
A cheirar um ratinho
Que entrou pelo cano

E corre, corre, corre
E mia, mia, mia
Bichano, bichaninho
Que agora já comia

Com seu rabo peludo
Lá vai todo lampeiro
Para apanhar o rato
Que é muito matreiro

E corre, corre, corre
E mia, mia, mia
Bichano, bichaninho
Que agora já comia

Com o seu pêlo malhado
E orelhas sempre em pé
Quer apanhar o rato
E faz um grande banzé

E corre, corre, corre
E mia, mia, mia
Bichano, bichaninho
Que agora já comia


Ondina Santos

 

Apoios: apoio gato